O Potencial da Caracterização Química e Espectroscópica na Análise e Classificação dos Horizontes de Solos Tropicais

Jéssica Bassetto Carra, Marcieli Fabris, Larissa Macedo dos Santos-Tonial

Resumo


Este estudo avaliou as características químicas e espectroscópicas para contrastar a Classificação Brasileira de solos para um Latossolo Bruno. As amostras de solo dos horizontes A, AB, BA e B do Latossolo Bruno analisadas foram coletadas em Abelardo Luz, Santa Catarina, Brasil. A fração de ácido húmico foi obtida por fracionamento químico. As amostras de solo e de ácido húmico foram caracterizadas por espectroscopia de infravermelho com Transformada de Fourier, espectroscopia de absorção ultravioleta visível e microscopia eletrônica de varredura, posteriormente, foi determinado o teor de carbono. As características espectroscópicas da matéria orgânica presente nas amostras indicam que as mudanças não são claras como as observadas por parâmetros utilizados no sistema brasileiro de classificação de solos. Assim, estes resultados sugerem que a análise qualitativa, grau de aromaticidade e índice de humificação não podem contribuir para a classificação pedológica do solo. A variação gradual do teor de carbono, com a profundidade do solo, está de acordo com o esperado uma vez que os resíduos são incorporados no solo desta maneira. No total, os resultados revelam que, apesar dos parâmetros analisados ??não contribuírem no estudo de classificação de solos, estes fornecem informações importantes sobre a matéria orgânica do solo.

Palavras-chave


Análises Multivariadas; Grau de Aromaticidade; Índice de Humificação; Latossolo; Teor de Carbono.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online