Redução de Consumo de Combustível em Veículos de Carga Rodoviários: Uma Abordagem Numérica e Analítica

Turan D. Oliveira, Luzia Aparecida Tofaneli, Tarcísio Faustino Magalhães, Alex Álisson B. Santos

Resumo


O Brasil, segundo órgãos regulatórios do país, possui 1.584.402 quilômetros de rodovia, números bem superiores aos 30.129 quilômetros de malha ferroviária ou 20.956 quilômetros de hidrovias utilizadas economicamente. Dada a relevância do modal de transporte rodoviário para o país, minimizações da necessidade de insumos em suas operações têm significativos impactos. Dos insumos necessários à operação deste modo de transporte o combustível, devido ao crescente custo e significativo impacto ambiental que ocasiona, é frequente alvo de interesse. O presente trabalho analisou através de fluidodinâmica computacional o impacto de defletores de ar veiculares no arrasto aerodinâmico e computou, através de método analítico, o impacto das reduções de arrasto no consumo de combustível. Simulações tridimensionais através do modelo de turbulência SST k-? resultaram em redução de 36% no arrasto aerodinâmico que ocasionam reduções de consumo dependentes da carga total do veículo, variando entre 33% e 35% para cargas totais entre 10 e 20 toneladas.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160086


Palavras-chave


CFD; Consumo de Combustível; Aerodinâmica Veicular.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online