Produção de Blocos de Concreto Empregando Efluente Tratado por Lodos Ativados e por Lagoas de Estabilização

Denise D. N. Oliveira, Edna S. Almeida, Larissa S. P. Cardoso, Josiane D. Viana

Resumo


Na produção de cerca de 12.000 blocos de concreto de 14x19x39 cm, aproximadamente 60 m³ de concreto, o consumo estimado é 9.000 L de água. O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização do efluente tratado por duas diferentes ETEs - Estações de Tratamento de Esgoto biológicas (lodos ativados e lagoas de estabilização) - na produção de blocos vazados de concreto simples em comparação com o uso da água subterrânea. Para isto foram analisadas as características da água subterrânea e dos efluentes tratados para utilização na produção dos blocos e foi feita uma análise comparativa, de acordo com a norma técnica ABNT NBR 6136, das características físicas e mecânicas (dimensional, absorção, compressão), obtidas nos blocos fabricados com água subterrânea e com os efluentes tratados. Foram ainda capturadas imagens por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) de todas as amostras de blocos produzidos e comparadas aos resultados de propriedades mecânicas obtidas. Observou-se que as características físicas e mecânicas dos blocos fabricados com os efluentes tratados atendem totalmente aos requisitos estabelecidos pela referida norma técnica, tendo sido, inclusive, obtidos melhores resultados do que os dos blocos fabricados com a água subterrânea, o que  pode viabilizar o reuso de água, a partir do efluente tratado, na fabricação de blocos vazados de concreto simples para alvenaria.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160075


Palavras-chave


Reuso de água; efluente tratado; bloco de concreto.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online