Avaliação Experimental do Desempenho de Motores do Ciclo Diesel Utilizando Misturas Biodiesel/Diesel Marítimo

Luciano S. A. Souza, Lilian L. N. Guarieiro, Alex A. B. Santos

Resumo


O óleo diesel é um combustível muito utilizado no Brasil e sua composição pode apresentar teores de enxofre elevados podendo chegar até 5.000 ppm (0,5% em massa) a depender de sua finalidade, como é o caso do combustível utilizado em embarcações, o chamado diesel marítimo. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho (potência, torque e consumo de combustível) de motores do ciclo diesel abastecidos com misturas de diesel marítimo e biodiesel. Os combustíveis avaliados foram as misturas de 5% (B5); 10% (B10); 20% (B20); 40% (B40), 60% (B60) de biodiesel adicionado ao diesel marítimo e o biodiesel puro (B100). Os resultados obtidos para potência demonstram que as misturas de biodiesel tiveram melhor desempenho na rotação em torno de 2500 rpm. Os resultados de torque para as misturas combustíveis estiveram na faixa de 366 374 Nm na rotação em torno de 1500 rpm e 370 Nm para o diesel marítimo em mesma rotação. O diesel marítimo apresentou os melhores resultados de consumo de combustível (20,8 kg/h a 1500 rpm). A utilização 5% de biodiesel adicionado ao diesel marítimo foi 7,7% mais vantajoso economicamente do que diesel marítimo puro.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160085


Palavras-chave


Biodiesel; diesel marítimo; alto teor de enxofre; motor diesel.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online