Estudo da Estabilidade Relativa dos Tautômeros da Fenilbutazona e Cálculo Dos Espectros UV-Vis e ECD

Aguinaldo R. de Souza, Valdecir F. Ximenes, Nelson H. Morgon

Resumo


Neste trabalho foi feito um estudo teórico das estruturas eletrônicas da forma desprotonada da fenilbutazona. Pela análise populacional de confôrmeros do ânion, obtidos a partir da varredura (SCAN relaxado) de três ângulos diedros selecionados (?1,?2 e ?3) obteve-se um conjunto de 8 estruturas, no nível de cálculo PM3. Otimizou-se esses confôrmeros utilizando DFT (B3LYP/6-31G(d)) e nas geometrias de equilíbrio calculou-se os espectros eletrônicos UV-Vis e de dicroísmo circular eletrônico (ECD) empregando o método CAM-B3LYP/6-311++G(d,p), através do formalismo TD-DFT e com efeito de solvente aquoso descrito pelo método PCM. Os máximos de absorção observados ocorrem entre 230 a 250 nm.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160039


Palavras-chave


TD-DFT; Estruturas Eletrônicas e Moleculares; Dicroísmo Circular Eletrônico; Fenilbutazona.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online