Índices de Reatividade da Molécula de Cafeína

Antonio L. de Almeida, Luane P. G. Barbosa, Rebeca L. Santos, João B. L. Martins

Resumo


Apresentamos neste trabalho uma análise da molécula de cafeína usando funções de base difusas e polarizadas, 6-31++G(d,p) e aug-cc-pVDZ, assim como a função de base D95V, combinadas com os métodos HF, MP2 e DFT. O objetivo foi investigar os efeitos destes métodos e funções de base nos descritores químico-quânticos, potencial de ionização, afinidade eletrônica, dureza química, potencial químico e filicidade global da molécula de cafeína, C8H10N4O2. A análise de componentes principais foi realizada para correlacionar os resultados. Também realizamos análise de cargas atômicas calculadas com os métodos de Mulliken, Merz-Kollman e orbitais atômicos naturais.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160035


Palavras-chave


NBO; reatividade química; MP2; DFT.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online