Reações Multicomponente: Uma ferramenta versátil para a síntese de moléculas biologicamente ativas

Cedric Stephan Graebin, Arthur Kummerle, Felipe Vitório, Kamilla Rogério

Resumo


As Reações Multicomponente (RMC) são reações que partem de três ou mais reagentes, de modo a se obter um único produto final que contenha todos ou a maior parte dos átomos de carbono envolvidos em sua formação.  No contexto da Química Verde as RMC despontam como a idealidade, com sua economia atômica e a menor geração de resíduos. Além disso, estas reações são uma importante ferramenta para a criação de bibliotecas de compostos de onde surgem moléculas biologicamente ativas.  No âmbito da Química Medicinal estas reações representam um grande potencial na pesquisa de novos candidatos a fármacos, já que as mesmas permitem obter como produtos reacionais compostos relativamente simples ou com grande complexidade estrutural. O objetivo desta revisão é mostrar as principais reações multicomponente desde seu surgimento e, principalmente, sua evolução, ressaltando a importância sintética, biológica e farmacêutica das mesmas.    

Palavras-chave


Reações Multicomponente; Heterociclos; Química Medicinal



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online