Síntese e Caracterização de Compósitos de Poliuretanas Obtidas com Poliol-Soja/TDI/Cargas Minerais

ANA PAULA OLIVEIRA COSTA

Resumo


                        Neste trabalho foram sintetizados compósitos de poliuretanas utilizando um poliol vegetal obtido a partir da modificação química do óleo de soja. Ao poliol-soja obtido (190 mg KOH/g) adicionou-se TDI na razão molar [OH]/[NCO] de 0,9 e a mistura foi curada por 24 h a 65 ºC. Foram feitas as caracterizações do poliol-soja, das cargas, da PU e dos compósitos por diversas técnicas para avaliar as propriedades térmicas, mecânicas e microscópicas dos compósitos através de TGA, DMA, dureza e MEV.

                   Na preparação dos compósitos utilizaram-se as mesmas razão molar e as condições de cura empregadas na PU. No entanto, foram variadas as quantidades das cargas de 1 a 15 % em peso das argilas: Campo do Tenente, Pitanga, Rio do Rastro e Sílica.

                   Os resultados de DMA mostraram que a Tg da PU foi de 90 ºC e dos compósitos variaram de 79 até 87 ºC. Os ensaios de flexão mostraram que a adição das cargas tende a aumentar o valor do módulo de elasticidade de 124 para a PU até 142 MPa. A densidade de reticulação variou de 150 mol.m-3 para a PU até 176 mol.m-3 e a densidade das amostras variaram de 0,86 a 0,911 g.cm-3. A estabilidade térmica foi de 210 ºC e a adição de carga não acarretou mudanças. Os valores da dureza variaram de 72 a 78.


Palavras-chave


Poliol-soja; poliuretanas; compósitos; cargas minerais; propriedades mecânicas



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online