Composição Química e Atividade Acaricida contra Tetranychus urticae do Óleo Essencial da Planta Marsypianthes chamaedrys (Vahl.) Kuntze

Daniel R. Callejon, Luís G. P. Feitosa, Denise B. da Silva, Aline C. Bizaro, Thais Guaratini, José N. C. Lopes, Luiz E. R. Pannuti, Edson L. L. Baldin, Milton G. Junior, Fernando Q. Cunha, Sérgio H. Ferreira, Norberto P. Lopes

Resumo


Marsypianthes chamaedrys (Vahl.) Kuntze é uma planta popularmente conhecida como paracari, erva de cobra, bóia-caá ou betônia brava e distribuída principalmente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. As partes aéreas da Marsypianthes chamaedrys (folhas e caule) foram utilizadas para extração do óleo essencial, sendo os constituintes identificados por análises de CG-MS e a atividade acaracida do óleo foi avaliada. As análises por GC-MS identificaram 29 compostos, sendo identificados os sesquiterpenos ?-cariofileno (12,2%), biciclogermacreno (17,9%) e germacreno D (34,1%). O óleo essencial obtido foi avaliado contra Tetranychus urticae mostrando nenhuma atividade acaricida significativa.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160003


Palavras-chave


Marsypianthes chamaedrys; Tetranychus urticae; sesquiterpeno; GC-MS.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online