Influência do Método de Obtenção de Partículas de Nb2O5 Empregadas em Células Solares Sensibilizadas por Corante Compostas de TiO2/Nb2O5

Aline Viomar, Guilherme A. R. Maia, Fernando Reinoldo Scremin, Najeh M. Khalil, Maico T. da Cunha, Augusto Celso Antunes, Paulo Rogério P. Rodrigues

Resumo


O pentóxido de nióbio (Nb2O5) é um semicondutor capaz de reduzir a perda de eficiência por recombinação em células solares sensibilizadas por corante (CSSC), devido ao alto gap de energia. O objetivo deste trabalho é investigar o desempenho de CSSC contendo Nb2O5 obtido pelo método Pechini e por síntese hidrotermal, misturadas a nanopartículas de TiO2. As técnicas de caracterização utilizadas foram Difração de Raios x (DRX), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Espalhamento de Luz Dinâmico (DSL) e polarização potenciodinâmica sob incidência de luz com potência de 100 mWcm2. O DRX confirmou a obtenção da estrutura ortorrômbica do pentóxido de nióbio para ambas as metodologias testadas, o MEV indicou a melhor distribuição do óxido obtido pela síntese hidrotermal, a eficiência foi calculada a partir das curvas de densidade de corrente-potencial (j-v) confirmando a eficiência mais elevada para esta amostra, cerca de 20% superior.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160064


Palavras-chave


Célula de Gratzel; energia solar; recombinação; eficiência; sustentabilidade; Pechini; hidrotermal.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online