Produção de Biodiesel Metílico com Óleo Purificado de Moringa oleifera Lamarck

Francisco Sávio G. Pereira, Eli X. de Brito Neto, Stiven Wei, Chesque C. Galvão, Valmir F. de Lima, Valdinete L. da Silva, Nelson M. de Lima Filho

Resumo


Este estudo descreve a extração, caracterização, purificação e conversão do óleo de Moringa oleifera Lamarck em biodiesel. As sementes selecionadas foram separadas em grãos oleaginosos e cascas. Os grãos sofreram extração do seu óleo por duas técnicas: prensagem mecânica e por solvente hexano. Os rendimentos extrativos dos óleos brutos foram de 11,36% (por prensagem) e 36,48% (por solvente), respectivamente. Os óleos brutos foram caracterizados em índices de acidez, de peróxido, de iodo e de saponificação, além da massa específica, viscosidade cinemática, turbidez, teor de cinzas e de umidade. Os óleos brutos foram reunidos formando o misto bruto que recebeu tratamentos de degomagem, neutralização, lavagem e secagem. O óleo misto purificado foi caracterizado de forma semelhante aos brutos e convertido em biodiesel metílico. A transesterificação usada foi alcalina homogênea, razão molar 1:6 (óleo:metanol),  60 oC , 60 min,  KOH como catalisador e agitação mecânica de 300 rpm. O biodiesel purificado foi caracterizado em massa específica (869 kg m-3; 20 oC), viscosidade cinemática (5,5 mm2 s-1, 40 oC), teor de éster (86,2% em escala de bancada e 98,23%, em microescala), índice de acidez (0,43 mg KOH g-1) e teor de água (615,8 mg kg-1).

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160063


Palavras-chave


Extração de óleo; análises de óleo; purificação de óleo; transesterificação alcalina; biodiesel de moringa.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online