Eletrodo de Diamante Dopado com Boro como um Novo Sensor de Enxofre Elementar

Bruno R. Moura, Nádila Maria Esteves, Viviane M. Teixeira, Tatiana M. Arantes, Maurício R. Baldan, Neidenei G. Ferreira, Flavia C. de Souza, Eliane D’Elia

Resumo


Problemas referentes à presença de enxofre elementar (S0) em gás natural vêm ocorrendo com frequência em vários países. A presença deste contaminante vem ocasionando falhas no sistema de distribuição de gás natural que ocorre na maioria das vezes pela deposição de enxofre em gasodutos, válvulas de controle e turbinas de termoelétricas. Por sua vez, isso leva ao entupimento de bicos injetores, válvulas reguladoras e problema nos sistemas de controle. Estes eventos vêm sendo relatados com maior frequência por transportadores e distribuidores de gás natural acompanhando o aumento no consumo desse combustível. Para realizar a detecção de S0 em gás natural, seja diretamente na matriz gasosa ou após a lavagem de um determinado volume de gás natural com solventes orgânicos, foi desenvolvido um sensor eletroquímico de diamante dopado com boro. Este sensor foi escolhido por apresentar larga janela de potencial em meio aquoso e não aquoso, baixa corrente de fundo, estabilidade química e mecânica e baixa adsorção de S0 na superfície do eletrodo. O método validado para detecção de S0 em solvente orgânico utilizando o sensor de diamante dopado com boro apresentou um limite de detecção de 0,8 mg L-1.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20150103


Palavras-chave


Eletrodo de diamante dopado com boro; enxofre elementar; voltametria.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online