Efeito do Terceiro Elemento de Adição na Resistência à Corrosão de Ligas de Ni-Cr Visando Aplicação Odontológica

Marcos Vinícius da Silva, Sofia Isabel F. Subtil, Venilton C. Barbosa, Carlos Angelo Nunes, Heloisa Andréa Acciari, Eduardo Norberto Codaro

Resumo


Levando-se em conta o grande número de ligas Ni-Cr existentes nos mercados nacional e internacional bem como a variedade de elementos de adição, neste trabalho foram preparadas diferentes composições experimentais de Ni-Cr-X (X = Ta, Mo, W, Nb e Ti) para avaliar o efeito da adição do terceiro elemento na resistência à corrosão destas ligas em meio de fluoreto. De acordo com os resultados obtidos, concluiu-se que as respostas eletroquímicas dividem as cinco composições em dois conjuntos distintos, com relação ao comportamento corrosivo, sendo as de maior resistência à corrosão aquelas em que X = Ta, W ou Mo, em particular a primeira. Por outro lado, corrosão localizada foi observada quando X = Nb ou Ti. Neste aspecto, a liga Ni-Cr-Ta pode ser a mais adequada para uso em próteses dentárias.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20150100


Palavras-chave


Ligas de Ni-Cr; Fluoreto; Técnicas eletroquímicas; Corrosão.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online