Determinação Voltamétrica de Citrato de Sildenafil e Furosemida Utilizando Eletrodo Compósito Grafite-Parafina para Aplicação em Amostras de Interesses Farmacêutico e Toxicológico

Raul X. de Mendonça, Paulo Henrique M. Buzzetti, Ana Luisa Silva, André S. Araújo, Eduardo A. Ponzio, Felipe S. Semaan

Resumo


O citrato de sildenafil e a furosemida são dois fármacos muito conhecidos e utilizados. O citrato de sildenafil é um fármaco amplamente empregado e eficaz no tratamento atual da disfunção erétil, mas que também é eficiente no tratamento à hipertensão pulmonar arterial (HAP). A furosemida é um fármaco da classe dos diuréticos de alça, assim classificado por atuar na alça de Henle. É usado de maneira irregular por atletas para a perda de peso e no mascaramento de substâncias dopantes. A determinação de fármacos tornou-se fundamental para o controle de qualidade, fiscalização, testes de dopping entre outros. Este trabalho tem por objetivo avaliar a aplicabilidade do eletrodo compósito artesanal à base carbono-parafina na determinação voltamétrica do citrato de sildenafil e da furosemida de maneira rápida e com baixo custo. Foram avaliados diferentes parâmetros da técnica para a determinação dos fármacos citados, obtendo-se curvas analíticas com comportamento linear na faixa estudada. Para dois medicamentos comerciais do citrato de sildenafil, o limite de detecção e quantificação são de 9 µmol L-1 e 27 µmol L-1, respectivamente. Já para a furosemida o limite de detecção foi de 2,72 µmol L-1 e de quantificação 9,06 µmol.L-1. As análises eletroquímicas foram realizadas em pH 8,0 para o citrato de sildenafil e de pH 5,3 para a furosemida, com pico de oxidação em +1,2 V e +1,1 V, respectivamente (vs Ag|AgCl). A recuperação obtida para o citrato de sildenafil foi de 83 % e 81 % para duas amostras comerciais, e para a furosemida em urina sintética, foi acima de 88 %.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20150096


Palavras-chave


Viagra; voltametria; citrato de sildenafil; furosemida; eletrodo compósito.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online