Análise dos Percursos Teórico-Metodológicos dos Trabalhos de Conclusão dos Cursos de Química da Universidade Federal Fluminense após 10 anos da Reforma Curricular: 2003 - 2013

Carlos Magno R. Ribeiro, Márcia N. Borges, Eluzir P. Chacon

Resumo


Este trabalho descreve o resultado de uma pesquisa aplicada e documental realizada utilizando 236 Trabalhos de Conclusão do Curso (TCCs) ou monografias de Licenciatura, Bacharelado em Química e Química Industrial da Universidade Federal Fluminense (UFF), produzidos depois da reforma curricular ocorrida em 2003, com o objetivo observar o percurso teórico-metodológico seguido e sua influência no perfil dos profissionais formados. Após a análise de diversos parâmetros, verificou-se no período temporal observado, que as monografias dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Química da UFF carregam uma forte influência da mudança curricular efetuada há 10 anos. Mas o mesmo não é evidenciado com relação ao curso de Química Industrial, que apresenta um caráter muito semelhante ao do curso de Bacharelado em Química, demandando assim uma discussão no sentido de se estabelecer estratégias de curto e longo prazo para que os egressos do curso de Química Industrial tenham um perfil mais adequado ao que prevê o Projeto Pedagógico do Curso (PPC).

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20150050


Palavras-chave


Análise; percurso; trabalhos de conclusão de curso.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online